snippet from 2017 onwards
2017 onwards
incapacidade de conseguir ir embora mesmo sem ter justificado nada.

minha frustração comigo mesmo tem causado tudo isso. tem causado essa repulsa a tudo que é você. tem causado que eu espere que você seja diferente. tem causado que eu me sinta legitimado a te dizer o que você é e como você tem que seguir a sua vida.

tudo bem. eu aceito estar errado. eu quero trabalhar para deixar de ser isso.

e eu sei que melodramazinho barato não muda as pessoas. o que muda elas é irem respirar outros ares. o que implica subir na carroça e sair da porra do mesmo lugar que você esteve sempre respirando o mesmo ar. portanto movimento. portanto energia para movimentar-se.

mas eu quero mudar sim. e me lembro quando sentia (ainda sinto?) dor por, grosseiramente, sentir que a izi fazia essa mesma coisa comigo. então posso conceber que eu tenho te machucado. e sobre isso, te peço desculpa.

(mas preciso me lembrar. preciso sempre me lembrar. preciso nunca esquecer. que eu precisei ir embora pra conseguir sair do lugar. e habitar um lugar que é tão mais bonito do que antes. um lugar onde eu quero ficar, caso não ache nada melhor. e pelas notícias que minha vida me alimenta, parece que tem lugar melhor de estar sim.

vou pra lá.)

***

7

This author has released some other pages from 2017 onwards:

4   7   9   13  


Some friendly and constructive comments